Adorei sua visita, obrigada! Volte sempre!

Seguidores

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Limpe seus rins por menos de 1 real

Limpe seus rins por menos de R$ 1,00. Os anos passam e nossos  rins vão filtrando nosso sangue para remover o sal e outros intoxicantes que entram no organismo. Com o tempo, o sal se acumula e precisamos de uma limpeza. Como fazer isso?  
De um modo simples e barato: Pegue um maço de salsa e lave bem. Corte bem picadinho e ponha em uma vasilha com água limpa. Ferva por 10 minutos e deixe esfriar. Coe, ponha em uma jarra com tampa e guarde na geladeira. Beba um copo todos os dias, e você vai perceber que o sal e outros venenos acumulados nos rins saem na urina.Você vai notar a diferença!Há muitos anos a salsa é reconhecida como o melhor tratamento de limpeza dos rins.E é um remédio natural! A salsa é uma das ervas com propriedades terapêuticas menos reconhecidas.  Ela contém mais vitamina C do que qualquer outro vegetal da nossa culinária (166mg por 100g).Isso é três vezes mais que a laranja.
A salsa contém também ferro (5.5mg /100g), manganésio (2.7mg / 100g), cálcio (245mg / 100g) e potássio (1mg / 100g). Sendo  recomendada para pedra nos rins, reumatismo e cólica menstrual. Sua alta concentração de vitamina C ajuda na absorção de ferro. O suco de  salsa, sendo uma bebida natural, pode ser tomado misturado com outros sucos, 3 vezes ao dia.As folhas podem ser mantidas no congelador, e seu uso é recomendo na culinária diária, pois além de saudáveis, dão ótimo sabor a qualquer receita.
 MUITO BOM PARA HIPERTENSOS.

4 comentários:

  1. Muito bom post!
    Não sabia dessas propriedades da salsa, tenho problemas renais e isso foi uma mão na roda!
    Obrigada, Luana.

    ResponderExcluir
  2. Nossa essa eu não sabia!!

    bjo
    Meu blog é sobre beleza, da uma passadinha lá...bjosss


    eutobonita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, quando fala salsa fala da Petrosolium sativum ?

    ResponderExcluir
  4. Olha, não se deve guardar o chá feito de um dia para o outro, as substâncias presentes no infuso podem oxidar e perder suas propriedades e até mesmo se tornarem prejudiciais. O ideal é fazer apenas a quantidade necessária para um dia, que no caso é de 3 a 6 xícaras.
    Ferver por 10 minutos provoca o cozimento da planta, o que também não é desejado, para se fazer um decocto ideal, deve-se esperar a água entrar em fervura, adicionar a erva e deixar por 5 minutos, depois desligar o fogo, tampar, deixar esfriar e consumir. A água que ocasionalmente se acumula na tampa pode e deve ser aproveitada.
    Isso vale para vários tipos de chá. Devemos ter em mente que não é por ser natural que não faz mal.

    Um abraço.
    Fer.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails

Postagens populares